Close sidebar
Histórias Brasileiras

Um personal trainer de Minas morando em Dublin

Sou o Famigerado Phoenix. Mineiro de nascimento e Personal Trainer por escolha. Fui agraciado por viver na corrida de rua meu favorito hobby. Exercício físico, o qual me possibilitou ser um atleta relevante para competir nas ruas da grande Belo Horizonte, onde obtive varios pódios variando entre o primeiro e quinto colocados. Através deste desporto, tive a honra de me tornar Educador Físico.

Vim à Irlanda com intensão de aprender um novo idioma. E por ser a lingua mundial mais requisitada, escolhi aprender Inglês em Dublin. Outro hobby, uma vez que não preciso de usá-lo profissionalmente.

Quando você chegou na Irlanda e por quanto tempo ficou?: Cheguei a Irlanda em Julho de 2018. Em princípio, ficarei aqui por oito meses, regressando ao Brasil, em Março de 2019.

O que você achou do estilo de vida das cidades onde você já morou? : Cada cidade possui sua cultura respeitando as leis locais. Algumas mais agitadas, outras mais pacatas, onde as pessoas seguem suas rotinas seguindo os princípios adquiridos ao longo de suas vidas. Gosto das cidades pacatas, por lembrar a zona rural. Ambiente perfeito para viver sem estresse.

Qual a diferença entre os irlandeses e os brasileiros?: Na irlanda as pessoas fumam em varios ambientes. Para mim isso e um desrrespeito aos nao fumantes. Em contra partida, as bebidas sao proibidas nas ruas.

No Brasil, temos opcoes de comprar para pagar a longo prazo. em contra partida, as pessoas passam boa parte de suas vidas endividadas.

Em comum, vejo a proatividade das pessoas ajudando aqueles que nao se adaptaram a nova cultura.

Qual a melhor parte de morar na Irlanda?: Não gosto da agitacão de Dublin. Então imagino as cidades mais afastadas de Dublin, a melhor opcão, embora não as conheco.

Quais são as coisas que não te apetecem muito ao morar na Irlanda?: As frequentes chuvas me incomoda. 
O cheiro e a fumaca dos cigarros tambem sao desagradaveis para mim.
E por fim, o custo de uma acomodacão. Realmente assusta.

Quais são as coisas que você ou outros brasileiros mais sentem falta ao viver na Irlanda?: Das ocupacões que tinha no Brasil. Amigos e familiares, sempre terão um peso inquestionavel.

Onde é o lugar que você mais gosta de visitar na Irlanda e por quê?: Adoro o Phoenix Park. Para mim, e um otimo espaco para praticar meu esporte e conhecer outras pessoas. Os cinemas e teatros de Dubin são fantasticos.

Que conselho você daria a alguém que pensa em mudar-se para a Irlanda?: A vida em qualquer lugar do mundo não e facil. Precisa ter paciencia e forca interior para suportar as dificuldades diarias. Estar longe das pessoas que gosta e sem dominio do novo idioma e bastante desesperador. 
Por outro lado, para quem esta disposto a enfrentar os obstaculos, o crecimento pessoal e inquestionave. Viajar para outros paises e uma outra possibilidade fascinante.


Siga a jornada conectando-se abaixo:

Author: James Osborne

While not Brazilian himself James has a lot of Brazilian influences in his life, with a partner from Minas Gerais and many Brazilian friends and colleagues. James loves all things tech, in particular front end web development and open source platforms such as WordPress and Joomla.
or connect on social media below:
This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Find out more on our privacy policy page.