Histórias Brasileiras

Lorena – Minas Gerais

Meu nome é Lorena, nasci no interior de Minas Gerais e decidi vir pra Irlanda em 2014. Eu estava fazendo um MBA quando levantei da cadeira e decidi mudar meus planos. Sempre quis conhecer o mundo, mas pensava que meu dinheiro não dava até fazer as contas de quanto aquele curso is me custar. Ufa, ainda bem que vi a tempo! haha

Quando você chegou na Irlanda e por quanto tempo ficou? Cheguei em janeiro de 2015 e estou até o presente momento – Outubro de 2018! O plano era ficar só um ano, mas morri de amores pela Irlanda no momento que pisei na ilha.

O que você achou do estilo de vida das cidades onde você já morou? Já morei em Dublin, Limerick e Galway. Eu adoro o estilo de vida dos irlandeses – acho eles bem parecidos com a gente. Aquela noite em família para um jantar bem casual, um happy hour em um cafe que acaba em pints em algum pub. Quando o sol resolve aparecer, todo mundo sai de casa, seja para uma caminhada ou para sentar no parque com as pernas de fora.

Como o estilo de vida se diferencia do estilo de vida brasileiro? Qual a diferença entre os irlandeses e os brasileiros?: Eu considero os irlandeses e os braseiros bem parecidos em alguns aspectos, como ser muito família, gostar de festas e celebrações, etc. Acho que a maior diferença seria a auto-confiança que temos naturalmente, o jeitinho brasileiro. Ele são geralmente tímidos e inseguros, costumam ser retraídos até se sentirem confortáveis o suficiente nas situações, enquanto o brasileiro deixa a vergonha de lado e faz o que tiver de ser feito.

Qual a melhor parte de morar na Irlanda? A qualidade de vida… andar na rua sem medo, ter o poder aquisitivo para comprar produtos que no Brasil seriam só para “ricos” e, claro, viajar!

Quais são as coisas que não te apetecem muito ao morar na Irlanda?: A chuva, definitivamente.

Quais são as coisas que você ou outros brasileiros mais sentem falta ao viver na Irlanda?: Meus amigos e minha família, o resto a gente dá um jeito!

Onde é o lugar que você mais gosta de visitar na Irlanda e por quê? As florestas daqui (woods). Gosto muito da troca de energia com a natureza quando vou a florestas. Connemara (região de Galway) também é tem um lugar no meu coração. 

Que conselho você daria a alguém que pensa em mudar-se para a Irlanda? Venha descobrir! A Irlanda é uma experiência sensorial, tem que ser vivida em todos os sentidos. 


Siga a jornada conectando-se abaixo:

Author: James Osborne

While not Brazilian himself James has a lot of Brazilian influences in his life, with a partner from Minas Gerais and many Brazilian friends and colleagues. James loves all things tech, in particular front end web development and open source platforms such as WordPress and Joomla.
or connect on social media below: