Notícia

Moradores que dividem acomodação poderão se isolar em centros de quarentena do governo

Desde o início da pandemia, pessoas com sintomas de Covid-19 devem ficar em isolamento domiciliar até o resultado dos exames. Muitos estrangeiros, no entanto, dividem acomodação com outras pessoas, tornando o isolamento difícil ou até impossível, aumentando o risco de disseminação do coronavírus.

Pensando nisso, o governo irlandês anunciou que pessoas com sintomas da doença que moram com outras pessoas poderão usufruir dos centros de isolamento geridos pelo HSE. Um deles fica em Citywest, na periferia de Dublin, e está com vagas disponíveis.

Para ter direito à quarentena no local, a pessoa deve ser encaminhada através de um médico, hospital, ou pelos times de contact tracing, que monitoram os indivíduos que estão em risco de disseminar e contrair o vírus.

Os pacientes terão acesso a um time de enfermeiros e médicos, que irão monitorar os sintomas e aplicar os tratamentos necessários. Todas as pessoas devem permanecer em seus quartos, e terão direito à TV, WiFi, telefone, alimentação e saídas em intervalos determinados. Visitantes não serão permitidos.

Caso você tenha algum sintoma de Covid-19 – como febre, tosse, falta de ar, perda de olfato e paladar – você deve entrar em contato com um médico (GP), que fará a avaliação através do telefone e dará instruções para fazer um teste, caso seja necessário. Tanto a consulta como o teste são gratuitos.

Author: Pedro Henrique Moschetta

Trabalho com marketing digital e morei por dois anos na Europa. Gosto de escrever sobre viagens, negócios e entretenimento, além de compartilhar dicas e conselhos para brasileiros que moram fora do país.
or connect on social media below: