Notícia

Dublin considerada a pior cidade do mundo para encontrar moradia

Dublin ganhou fama internacional pelos altos preços dos aluguéis e moradias. Em um ranking divulgado pela Internations, uma comunidade global de estrangeiros, a capital irlandesa ficou em último lugar no quesito moradia, atrás de cidades como São Francisco e Munique.

Mais de 20 mil pessoas que moram e trabalham fora de seus países de origem participaram da pesquisa do Expat City Ranking 2019. Elas foram perguntadas sobre quão satisfeitas estavam com o preço e a facilidade de encontrar moradia na cidade onde viviam. Em Dublin, 86% dos entrevistados disseram que é difícil encontrar um lugar para morar na cidade, muito acima da média global de 32%.

Um entrevistado brasileiro disse que “o custo de vida é um incômodo, é um pesadelo achar um apartamento para alugar e igualmente difícil encontrar boas opções de creche”. Outro entrevistado de Portugal disse que o mercado de aluguel estava tão ruim que estava considerando deixar a cidade.

No ranking geral, que considera critérios como custo e qualidade de vida, facilidade de adaptação e vida profissional, Dublin ficou em 72° lugar de 82 cidades pesquisadas. Em comparação, Londres ficou duas posições acima, mas foi considerada pior nos quesitos estabilidade no emprego e equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

A boa notícia é que Dublin é considerada uma ótima cidade para oportunidades profissionais, sendo a terceira melhor cidade do ranking no quesito empregos e carreiras, somente atrás de Ho Chi Minh City (Vietnã) e Praga (Chéquia). Dos entrevistados, 75% disseram que estão felizes com as oportunidades de trabalho na cidade. Além disso, a grande maioria considera os locais amigáveis e receptivos com os extrangeiros.

As cidades com melhor desempenho no ranking são Taipei (Taiwan), Kuala Lumpur (Malásia), Ho Chi Minh City (Vietnã), Cingapura e Montréal (Canadá). As piores cidades são Kuwait City (Kuwait), Roma e Milão (Itália), Lagos (Nigéria) e Paris (França).

Author: Pedro Henrique Moschetta

Trabalho com marketing digital e morei por dois anos na Europa. Gosto de escrever sobre viagens, negócios e entretenimento, além de compartilhar dicas e conselhos para brasileiros que moram fora do país.
or connect on social media below: