Close sidebar
Notícia

Como fazer pagamentos cashless na Irlanda

payments

Pagamentos cashless são aqueles feitos sem a utilização de dinheiro. Além dos tradicionais cartões de crédito/débito, as transações também podem ser feitas aproximando o celular ou relógio de uma superfície de contato, ou apontando a câmera para um QR code.

A tecnologia, que já era tendência, ganhou ainda mais importância durante a pandemia, já que proporciona mais segurança nos pagamentos, dispensando a prática anti-higiênica de pagar com cédulas e moedas.

Segundo uma pesquisa do PayPal/Ipsos, 65% dos consumidores irlandeses consideram importante a habilidade de fazer pagamentos sem a utilização de dinheiro, sendo crucial para a recuperação da economia pós-Covid.

A Irlanda lidera o ranking dos países que mais utilizam cartão para pagamentos, e é o oitavo país em termos de pagamentos eletrônicos, segundo estudo da GlobalData. Outro estudo da One4All mostrou que os irlandeses carregam, em média, apenas €32 consigo em dinheiro. Um a cada dez irlandeses dizem nunca andar com dinheiro, e utilizam apenas de cartões ou celular para fazer compras.

Se você quer abandonar o dinheiro de uma vez por todas, confira algumas das formas mais comuns para tornar-se cashless na Irlanda:

Cartões de débito

A maioria dos grandes bancos na Irlanda oferecem cartões de débito Visa ou Mastercard com pagamento por aproximação (contactless) há alguns anos. Compras de pequeno valor podem ser pagas apenas aproximando o cartão da máquina, sem a necessidade de digitar a senha. Desde o dia 1 de Abril de 2020, o limite para este tipo de transação é de €50. Para valores maiores será preciso digitar a senha.

Esta forma de pagamento vem se tornando cada vez mais popular na Irlanda. Em 2019, o número de pagamentos contactless por cartões cresceu 44%, com um total de 135 milhões de pagamentos somando mais de €1,6 milhão.

Apple Pay e Google Pay

Estas são as carteiras digitais mais populares e provavelmente as mais aceitas pelos estabelecimentos comerciais. O Google Pay pode ser utilizado em celulares Android com tecnologia NFC, enquanto o Apple Pay é exclusivo para usuários de iPhone. Nestes serviços, você cadastra seu cartão de débito/crédito e passa a utilizar o celular para fazer pagamentos por aproximação. Ambos serviços podem ser utilizados gratuitamente por clientes dos principais bancos da Irlanda, como AIB, KBC, Ulster Bank, N26, Revolut, Monese e Bunq.

Leap Card

Este cartão é utilizado em diversos sistemas de transporte público em todo o país. Em Dublin, o cartão é aceito em ônibus (Dublin Bus e Go-Ahead), trens (DART, Luas e Irish Rail) e viagens intermunicipais (Bus Éireann). O cartão pode ser comprado em um dos mais de mil pontos de venda ou através do site. No caso de estudantes, o cartão deve ser solicitado através deste site. Além de tarifas reduzidas, o cartão para estudantes também dá direito a desconto em parceiros como McDonald’s, Deliveroo e Boots.

eToll

Existem 11 estradas com cobrança de pedágio na Irlanda, e todas elas aceitam pagamento com uma Toll Tag, uma espécie de chip que é colocado no carro. Além de economizar nas tarifas, não é preciso perder tempo parando o carro e contando o troco para pagar o pedágio, pois todo pagamento é feito eletronicamente. A tag pode ser pré-paga ou pós-paga, dependendo da empresa que fornece o serviço. É possível comparar todas opções nesta página.

Parking Tag

Este serviço permite pagar pelo estacionamento nas principais cidades irlandesas apenas com o celular. Se você não usa o serviço com tanta frequência, é possível fazer o pagamento através deste link ou via SMS, usando um cartão de crédito ou débito. Clientes das operadoras Vodafone e Three podem optar pela cobrança na conta de telefone. Para usuários que utilizam o serviço com mais frequência, é possível registrar uma conta para poder usufruir do aplicativo e cobranças automáticas.

Author: Pedro H. Moschetta

Trabalho com marketing digital e morei por dois anos na Europa. Gosto de escrever sobre viagens, negócios e entretenimento, além de compartilhar dicas e conselhos para brasileiros que moram fora do país.
or connect on social media below:
This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Find out more on our privacy policy page.