Notícia

6 bons motivos para estudar na Irlanda

A Irlanda é um dos países mais procurados por estudantes internacionais. Entre 2013 e 2017, o número de alunos estrangeiros no país aumentou em 45%, e não é difícil entender por que: o país tem uma das melhores qualidades de vida da Europa, uma população majoritariamente jovem e instituições de ensino reconhecidas mundialmente.

Está pensando em estudar na Irlanda? Separamos seis motivos pelos quais esta é uma excelente ideia:

Oportunidades de trabalho

Para ajudar no pagamento dos estudos, a Irlanda permite que estudantes trabalhem até 20h por semana durante o período letivo, e 40h por semana durante as férias. Para isso, é preciso ter uma permissão do tipo Stamp 2, concedida aos alunos de cursos full-time que estejam listados na Interim List of Eligible Programmes (ILEP).

Além disso, estudantes que concluem um curso superior na Irlanda – como graduação, mestrado ou doutorado – ganham uma permissão de trabalho especial, que varia de 12 a 24 meses, para iniciar a carreira no país.

Qualidade de ensino

A educação na Irlanda é levada a sério. Os estudantes irlandeses tem um dos melhores desempenhos no PISA. Além disso, cerca de 56% da população jovem da Irlanda possui formação superior, a quarta maior taxa entre os países da OECD, ficando atrás apenas da Coréia do Sul, Canadá e Japão.

A Irlanda tem algumas das melhores universidades do mundo. O Trinity College Dublin é considerada a 164ª melhor do mundo de acordo com o ranking de 2019 do Times Higher Education. Outras cinco instituições aparecem entre as 500 melhores do mundo: University College Dublin, Royal College of Surgeons Ireland, NUI Galway, Maynooth University e University College Cork.

Oferta de bolsas de estudo

Todos os anos, o governo da Irlanda oferece o International Education Scholarships Programme, que dá bolsas de estudo para alunos de graduação, mestrado ou doutorado de países fora da EU/EEA. Em 2020, foram 60 bolsas concedidas no valor de €10.000 e isenção total dos custos com os estudos durante um ano.

Algumas instituições de ensino também oferecem suas próprias bolsas de estudo. O Trinity College Dublin, por exemplo, tem uma bolsa especial para estudantes brasileiros, que dá desconto de 5.000 a 10.000 euros nos custos do programa.

Carreira promissora

Apesar do impacto da crise econômica no início da última década, a economia irlandesa cresceu três vezes mais rápido do que qualquer outro país da Europa em 2017, e o desemprego chegou a um dos níveis mais baixos da história no final de 2019 – apenas 4,7%.

A Irlanda é a sede europeia de muitas empresas multinacionais, principalmente do ramo de tecnologia, como Google, Microsoft, Apple, HP, Facebook, Twitter, etc. Além disso, muitas outras empresas que eram baseadas no Reino Unido estão se mudando para a Irlanda devido ao Brexit, o que abrirá muitas novas vagas de emprego no futuro.

Conveniência

Da Irlanda é muito fácil chegar até os principais destinos europeus. O país é a sede da Ryanair, companhia aérea low-cost, famosa pelas viagens baratas. É possível encontrar passagens por €60 ida e volta, ou até menos durante as promoções.

Também é muito fácil se locomover dentro da ilha, sendo possível atravessar o país de uma ponta a outra em cerca de 2 ou 3 horas. Uma passagem de trem entre Dublin e Cork – a rota mais movimentada do país – custa €20, se comprada com antecedência, enquanto uma passagem de ônibus custa entre €12 e €14. 

Custos, caso você seja cidadão

Caso você tenha passaporte europeu, como é o caso de alguns brasileiros com dupla cidadania, você não precisará de um visto para estudar na Irlanda. E o melhor: você pagará menos pelos estudos, já que muitas universidades cobram mais caro para estudantes de fora da EEA, chegando a custar o dobro ou triplo do valor para estudantes europeus.

Author: Pedro Henrique Moschetta

Trabalho com marketing digital e morei por dois anos na Europa. Gosto de escrever sobre viagens, negócios e entretenimento, além de compartilhar dicas e conselhos para brasileiros que moram fora do país.
or connect on social media below: