Close sidebar
Notícia

Visto irlandês – O que significam os diferentes “Stamps”?

Na Irlanda, o stamp – que significa “carimbo” em inglês – vai muito além da tradução literal. Cada stamp corresponde a um tipo de visto, indicando as atividades que um estrangeiro pode realizar no país, e o tempo permitido de estadia. Por exemplo, se você é um estudante de inglês na Irlanda, você ganha o stamp 2, que dá direito a permanecer no país até a conclusão do curso e trabalhar por até 20 horas por semana durante o período letivo.

Cada stamp possui regras e exigências diferentes, e alguns contam pontos para o processo de naturalização, que dá direito a se tornar um cidadão irlandês. Para entender melhor a diferença entre cada um deles, preparamos um resumo dos diferentes tipos de stamp na Irlanda:

Stamp 0

Permissão temporária dada a pessoas em situações específicas, que tenham recursos para se sustentar por conta própria ou sejam patrocinados por uma empresa ou universidade. Por exemplo: aposentados, professores universitários e dependentes de cidadãos irlandeses.

Stamp 1

Permissão de trabalho dada a profissionais, empreendedores e investidores. Para obtê-lo, é preciso ter uma proposta de emprego de uma empresa irlandesa, ou permissão para abrir um negócio no país (com investimento de, no mínimo, €1 milhão). Também há o stamp 1G, que é dado aos recém-graduados após a conclusão de curso para que procurem um emprego na área de formação.

Stamp 2

Permissão de estudos dada a alunos matriculados em programas full-time, como cursos de inglês, graduação e pós-graduação. Para ser válido, o programa deve fazer parte desta lista. Este visto permite trabalhar até 20 horas por semana durante o período letivo, ou até 40 horas por semana durante as férias.

Caso o curso não faça parte da lista de cursos reconhecidos, o estudante pode receber o stamp 2A, que permite permanecer na Irlanda até a conclusão do curso, mas não permite trabalhar nem exercer qualquer tipo de atividade remunerada.

É importante lembrar que o período com stamp 2 não conta como tempo de residência no processo de naturalização para obtenção da cidadania irlandesa.

Stamp 3

Permissão dada a voluntários, missionários e outros indivíduos engajados em causas humanitárias. Também é dado aos familiares de profissionais estrangeiros que residem na Irlanda com o visto de trabalho (stamp 1).

Stamp 4

É o verdadeiro “título de residência” da Irlanda, que dá direito a estudar e trabalhar no país sem qualquer restrição. Para ter direito ao stamp 4, é preciso ter trabalhado no país por, no mínimo, 5 anos (ou 2 anos, caso a profissão seja considerada uma critical skill). A permissão também é dada a pesquisadores e cônjuges de cidadãos irlandeses ou da União Europeia.

Stamp 5

Permissão dada a estrangeiros que moram na Irlanda há, pelo menos, 8 anos. O tempo de permanência, neste caso, é indeterminado e não tem data de validade.

Stamp 6

Permissão reservada a cidadãos irlandeses com dupla nacionalidade.

Author: Pedro H. Moschetta

Trabalho com marketing digital e morei por dois anos na Europa. Gosto de escrever sobre viagens, negócios e entretenimento, além de compartilhar dicas e conselhos para brasileiros que moram fora do país.
or connect on social media below:
This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Find out more on our privacy policy page.