Notícia

Veja quais estabelecimentos comerciais seguem funcionando durante a crise do coronavírus

O governo atualizou sua lista de serviços e estabelecimentos essenciais durante a crise do Covid-19. Alguns tipos de estabelecimento são considerados essenciais e devem continuar funcionando, enquanto outros só poderão funcionar atendendo a emergências ou delivery.

O que segue funcionando?

Os serviços a seguir são considerados essenciais pelo governo, e devem continuar funcionando mesmo durante a quarentena.

  • Supermercados, mercearias e pequenas bancas que vendem comida, bebida e jornais;
  • Lojas que vendem itens essenciais para a casa, como produtos de limpeza e de segurança;
  • Farmácias e lojas de produtos médicos;
  • Postos de combustíveis;
  • Lojas de produtos essenciais para animais e pets, como rações e remédios;
  • Lavanderias;
  • Bancos, agências de correio e cooperativas de crédito;
  • Lojas de produtos para segurança do trabalho, como uniformes e equipamentos de proteção.

O que deve fechar?

Os serviços a seguir podem continuar funcionando, porém apenas atendendo a emergências ou entregas:

  • Oftalmologistas;
  • Oficinas de reparo de veículos e bicicletas e lojas de auto-peças;
  • Lojas de ferramentas e ferragens;
  • Lojas de suprimentos para escritório;
  • Lojas ou pontos de assistência de aparelhos eletrônicos.

Além disso, todos os estabelecimentos que não estejam na lista de provedores essenciais do governo devem fechar pelo menos até o dia 12 de abril. Isso inclui locais como academias, shoppings, escolas de idiomas, pubs, discotecas, entre outros.

O governo recomenda ainda medidas de isolamento dentro de estabelecimentos comerciais, como manter uma distância adequada entre os clientes e funcionários, evitar aglomerações e filas, e oferecer serviços online quando possível.

Author: Pedro Henrique Moschetta

Trabalho com marketing digital e morei por dois anos na Europa. Gosto de escrever sobre viagens, negócios e entretenimento, além de compartilhar dicas e conselhos para brasileiros que moram fora do país.
or connect on social media below: