Notícia

A Irlanda é corrupta?

Corruption in Ireland

A corrupção existe em graus variados na maioria dos países do mundo, incluindo a Irlanda. No entanto, a Irlanda é geralmente considerada como tendo níveis relativamente baixos de corrupção em comparação com outros países, especialmente se comparada ao Brasil.

De acordo com o Índice de Percepção de Corrupção (IPC) da Transparência Internacional, que classifica os países com base nos níveis percebidos de corrupção no setor público, a Irlanda se classifica relativamente bem, em 11º lugar entre 180 países, indicando um nível percebido de corrupção relativamente baixo em comparação com outros países.

Quando se trata de percepção pública, 86% dos entrevistados em uma pesquisa sobre corrupção pensam que a corrupção é um problema grave na Irlanda (aumento de 1% em relação a 2009).

No geral, embora a Irlanda não esteja imune à corrupção, é geralmente considerada como um governo de instituições fortes e mecanismos eficazes para abordar e mitigar práticas corruptas.

A Irlanda enfrenta desafios de corrupção?

Sim, a Irlanda enfrenta desafios relacionados com a corrupção, especialmente por ser uma pequena nação onde os juízes podem circular nos mesmos círculos sociais que os chefes de Estado. Aqui estão alguns dos principais desafios de corrupção que a Irlanda enfrentou:

  • Corrupção política: Houve casos de corrupção envolvendo políticos e funcionários públicos. Esses casos incluíram alegações de suborno, conflitos de interesse e uso indevido de fundos públicos.
  • Corrupção Corporativa: Fraudes corporativas, subornos e práticas comerciais antiéticas ocorrem na Irlanda. Estas questões podem influenciar a concorrência leal e prejudicar a confiança do público nas empresas.
  • Transparência do Setor Público: Garantir a transparência e a responsabilização no setor público é um desafio constante. Escândalos recentes em torno da RTÉ (emissora nacional de televisão), da Irish Water (Central de abastecimento de água nacional) e das agências de trabalhadores e de emprego enfatizam ainda mais esse desafio.
  • Marco Legal e Regulatório: Embora a Irlanda tenha implementado legislação e medidas anticorrupção, há um debate contínuo sobre a eficácia destas leis e a necessidade de novas reformas. O reforço dos quadros jurídicos e dos mecanismos regulamentares pode ajudar a prevenir e combater a corrupção.
  • Construção e construção: As empresas e organizações estão expostas a riscos de suborno a nível local em relação aos contratos públicos e à emissão de licenças de construção.
  • Conflitos de interesse: Muitos políticos irlandeses ou chefes de órgãos do Estado estiveram envolvidos em audiências ou julgamentos relativos a conflitos de interesse. Estes incluem contratos de adjudicação a associados, propostas de habitação e imigração, emprego e benefícios e despesas relacionadas a pandemia de covid.

Exemplos recentes de corrupção na Irlanda

  • Escândalo de denunciante da Garda: Nos últimos anos, houveram alegações de corrupção e má conduta dentro da Garda Síochána, o serviço nacional de polícia da Irlanda. Os denunciantes apresentaram alegações de negligência, incluindo a falsificação de dados de testes de bafômetro, tratamento indevido de casos criminais e maus-tratos a denunciantes dentro da força. Essas alegações levaram a inquéritos e investigações sobre práticas e supervisão policial. Mais Informações.
  • Consulta do Projeto Eagle: A venda da carteira de empréstimos da NAMA (National Asset Management Agency) na Irlanda do Norte, conhecida como Project Eagle, tem sido objeto de controvérsia e alegações de impropriedade. Foram levantadas questões sobre a transparência e integridade do processo de vendas, com preocupações sobre potenciais conflitos de interesses e a avaliação dos ativos. Mais Informações.
  • RTE: A emissora estatal irlandesa tem sido criticada há muito tempo por gastar excessivamente em custos de programação e produção, levando a medidas de corte de custos, demissões de pessoal e esforços de reestruturação. Mais recentemente, foram acusados ​​de pagamentos dissimulados e fraudulentos aos seus principais apresentadores, com salários muito superiores aos listados publicamente e acordados após o exercício de reestruturação. A administração da RTE também foi acusada de oferecer contratos a familiares. Mais Informações.
  • Associação de Futebol da Irlanda: O escândalo da Federação Irlandesa de Futebol (FAI) refere-se a uma série de controvérsias e questões que surgiram em relação à governança, finanças e transparência dentro da organização. John Delaney, executivo-chefe na época, supervisionou números enganosos substituindo as perdas reportadas por lucros. Foi também chamado para um inquérito governamental relativo a um empréstimo de 100.000 euros que concedeu pessoalmente à organização, dada a sua péssima situação financeira, apesar das injeções inesperadas de dinheiro do governo. Mais Informações.
  • Escândalo da Água Irlandesa: O escândalo da Irish Water centrou-se na criação e operação da Irish Water, uma empresa de serviços públicos encarregada de fornecer serviços de água e águas residuais na Irlanda. Surgiram controvérsias sobre a introdução de cobranças pela água para as famílias, levando a protestos públicos generalizados e oposição. A Irish Water enfrentou críticas por gastos excessivos com consultores, campanhas publicitárias e salários de executivos, exacerbando a indignação pública sobre a percepção de má gestão de fundos. 

Author: Thiago

Mudei-me para a Irlanda 2012. Trabalho como administrador de empresas e viajo muito para a Europa com meu trabalho. Gosto de escrever e de atletismo durante minhas férias e tento visitar amigos e familiares todos os anos no Brasil.
or connect on social media below:
This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Find out more on our privacy policy page.